*******

*******
A SAUDADE É A NOSSA ALMA DIZENDO PARA ONDE ELA QUER VOLTAR...

terça-feira, 5 de abril de 2011

Sintomas de saudade intensa...

Things of beauty!

Food for thought!

"Two things are infinite: the universe and human stupidity; and I'm not sure about the the universe."

"Weakness of attitude becomes weakness of character."


Albert Einstein

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Mas qual é o problema?


Estou mais do que indignada... estou irritada, com uma ligeira azia e com formigueiros no meu mau fígado, e só não estou a roer as unhas (sinal de irritação suprema, daquela que nasce no fundo da barriga, serpenteia pelo corpo, e sobe até à nuca provocando dores de cabeça), porque as pintei ontem e como não sou gaja para as pintar muitas vezes, quando o faço é para aproveitar.

Mas toda esta fúria semi-contida porquê? 

Ora, passo a explicar. Hoje à noite andei a viajar pelo vasto mundo da Internet e sem querer, foi mesmo não andava à procura, fui dar com uma data de textos que se referiam aos adeptos de futebol com palavras tão  inspiradas e inspiradoras como: tolinhos, fanáticos, ignorantes, animais, idiotas, bestas e coisas afins e bem piores! Verborreia bloguista obviamente despoletada pela vitória do FCP e consequentes reacções à coisa.

Ora, meus caros e queridos amigos, eu, que me considero uma pessoa inteligente q.b., minimamente interessante e mais importante do que isso interessada na vida e no mundo que me rodeia, às vezes um bocado tolinha, assumo, mas acho que este meu "tolinha" define algo bem diferente do vosso "tolinhos", e nada besta (apesar do meu mau fígado que às vezes me faz irritar muito rápido), eu, esta pessoa que aqui lêem, assumo que sou adepta de futebol, que adoro ver um jogo interessante, com técnica e com genica, que admiro tácticas, que vibro com a minha equipa e que adoro sentir a adrenalina a subir, não me sinto minimamente identificada nestes belos adjectivos. E lamento informar-vos, e possivelmente desiludir-vos, mas conheço mais pessoas, senhores e senhoras muito interessantes que são fãs de futebol e que, por norma, não provocam desacatos, não chateiam ninguém e sabem dizer mais palavras do que aquelas que compõem o nome do seu clube.

Meus caros, generalizações são perigosas, nem todos os adeptos de futebol pertencem às claques, nem todos os adeptos de futebol concordam com a corrupção, nem todos os adeptos de futebol seguem a coisa de maneira cega e acrítica,  nem todos os adeptos destroem carros e atiram pedras e arrisco-me a dizer que a percentagem destes adeptos deve ser consideravelmente pequena, apesar de toda a atenção mediática que recebem, comparada com aqueles que gostam de futebol e que desprezam algumas das merdas que acontecem e que são paralelas ao desporto. 

Idiotas, atrasados e bestas existem em todo o lado, em todos os desportos, em cada virar da esquina se pode encontrar um, em cada café à beira-mar, em cada auto-estrada, até em consultórios médicos imaginem vocês, e não estão todos a encher os estádios, alguns nem gostam de futebol! E, ao contrário do que li em alguns textos, quem gosta de futebol não vive o dia todo para a coisa, nós trabalhamos, temos famílias, vamos ao cinema, tomamos banho, temos vidas além do futebol, mas às vezes gostamos de nos sentar a frente da tv ou num estádio e apreciar um bom jogo.

Se eu gostasse mesmo muito, muito, muito de ténis ou de ping-pong de mesa também me chamavam atrasada ou besta? Ou é mesmo só um problema com o futebol? Bem, adiante...

Um outro argumento que se lê e usa muito nestes textos por onde passei é a questão do dinheiro, esse malandro!!!  - Ai que se gasta demasiado dinheiro no futebol... - e... - Ai que inutilidade e mais não sei o quê... - pois tendes razão, gasta-se muito e demais e às vezes o futebol é mais um negócio do que um desporto, mas não é por comeres uma ou outra maçã farinhenta pela vida fora que vais deixar de as comer por completo, e gostar de futebol não implica gostar de tudo o que envolve o desporto digo e repito, tal como ser adepto de futebol não implica que se seja um grunho/a idiota que não sabe pensar por si e que só vê coisas esféricas à frente.

Novamente, meus caros as generalizações são perigosas e mostram desinformação e radicalismo, critiquem, mas informem-se, não insultem ninguém , porque é feio e concerteza as vossas mãezinhas não vos ensinaram assim e respeitem os outros e os seus gostos como gostariam que respeitassem os vossos (isto soou um bocado a Jesus, não soou? Ah, e estou a falar daquele da Bíblia, não do senhor do Benfica)... 

No fim de tudo, meus caros, o problema é que se agimos como idiotas com opiniões idiotas, por não gostarmos de alguma coisa e se começarmos a criar preconceitos e a não respeitar os outros, se nos limitarmos a cuspir insultos, somos mesmo uns tolinhos, fanáticos, ignorantes, animais, idiotas, bestas e coisas afins e bem piores!